Índia, país dos templos e da autodescoberta

 

Quem assistiu ao filme “Comer, Rezar e Amar” conheceu a busca de Liz, personagem de Julia Roberts inspirada na autora, pela paz interior, cura e autoconhecimento.

Para muitos, não há formas melhores de encontrar a si mesmo do que através da yoga, a meditação e técnicas medicinais naturais – práticas milenares nascidas na Índia.

Com a mais longa e contínua tradição espiritual do mundo, o país é berço do hinduísmo (praticado por cerca de 80% da população), do budismo, do sikhismo e de outras tantas religiões que convivem em perfeita harmonia ali.

Há diversos templos sagrados, ashrams e escolas de Yoga. A Índia é um lugar privilegiado para quem quer vivenciar a espiritualidade latente ali, independentemente da religião professada.

É um destino recomendado para quem busca experiências de viagem enriquecedoras e diferentes, que vão além das compras e do contato com a cultura. E devido a todos esses atributos, Lucila Nedelciu - diretora da Raidho - que viajou 15 vezes à Índia, desenhou um programa de viagem que vai unir a cultura com uma das regiões mais bonitas da Índia: o Rajastão.

Com seu hipnotizante colorido, suntuosos palácios de marajás, templos hinduístas e monumentos maravilhosos, a região também surpreende com a oferta de artesanato, seda, e produtos de primeira qualidade, com preços bem atrativos.

Seu território esconde verdadeiras joias de paz, harmonia e tranquilidade descobertas por meio desse roteiro cuidadosamente desenhado pela Raidho – eleita por 3 anos seguidos pelo governo indiano como a melhor operadora de Índia da América Latina.

 

 

 

 

 

 

 

Porque viajar para a Índia é uma excelente escolha

  • $dmg1csb3olk

    Contrastes

    A Índia possui uma cultura distinta e reserva experiências memoráveis para quem vivencia.

  • $7v20gcd8u0a

    Encontre a espiritualidade

    É o destino perfeito para quem busca autoconhecimento e a conexão com o espiritual.

     

  • $8m6czv1jeur

    Um paraíso para as compras

    Na Índia você encontrará belíssimos artesanatos, seda, e produtos de primeira qualidade, com preços bem atrativos.

  • $iin0urk9ddh

    Gastronomia riquíssima

    Samosa, Arroz Zeera, Dal Fry, Chapai e Okra são pequenas amostras dos deleites culinários da região.

  • $2acezxjmm0y

    Hotelaria surpreendente

    A Índia é a casa de alguns dos melhores hotéis do mundo.

  • $i3r2twkvevp

    Maravilhas do mundo

    O Taj Mahal é parada obrigatória para quem visita a Índia.

 

Conheça os principais destinos desta incrível jornada

  • Delhi

    A capital indiana mistura o novo e o velho, unindo com muita elegância a parte antiga da cidade, com a parte nova. É uma cidade para todos os gostos, passando de badalados bares e restaurantes, para mercados, lojas e shoppings, além de museus e templos históricos. Seu clima intenso, contrastante e caótico, acaba por se tornar seu charme quando você percebe que não adianta tentar mudá-la, mas sim se entregar ao seu ritmo único.

     

    É um ótimo lugar para amantes de arquitetura e da religiosidade, onde você poderá presenciar monumentos e construções que só a Índia pôde concretizar. Um exemplo disso é o famoso Forte Vermelho, complexo com grandes muros e paredes avermelhadas, construído para afastar invasores, na época do império mongol, no século XVII. Suas construções estão em um terreno de 103 hectares, com decorações de motivos florais, esculturas e cúpulas duplas.

  • Udaipur

    Conhecida como a cidade mais romântica da Índia, Udaipur exibe essa característica em seus muitos lagos, de charme e beleza indiscutível.

     

    Também guarda imponentes palácios com terraços à beira dos lagos que devem estar na sua lista de passeios. O principal deles é o Palácio da Cidade, construído no século XVI às margens do Lago Pichola e que é uma mistura de influências Rajput e Mongol.

     

    Sua decoração é de tirar o fôlego e conta ainda com exposições de pinturas e afrescos com retratos dos marajás que lá viveram, além de contarem a história do palácio. Ainda no lago, você poderá realizar passeios de barco, passando por ilhas, outros palácios e residências monumentais que chamam a atenção por sua beleza e luxo. Um dos mais surpreendentes é o Jag Mandir, palácio situado numa ilha no meio do lago. Imperdível!

  • Jaipur

    A capital do Rajastão é conhecida como a cidade rosa, pois a grande maioria das construções é pintada nessa tonalidade. Esse costume teve início em 1876, quando a cidade recebeu a visita do príncipe do Reino Unido, e a pintura e organização da cidade foi a forma escolhida para demonstrar hospitalidade ao visitante.

     

    Assim como as outras cidades já citadas, Jaipur oferece imponentes monumentos e palácios, grandiosos fortes e conta muitas histórias em seus museus. Um belíssimo exemplo é o Palácio dos Ventos construído pelo marajá Sawai. O palácio possui mais de mil janelas em sua fachada, e conta a história que a função dessas janelas era permitir que as várias esposas do marajá pudessem desfrutar do movimento da rua, sem serem observadas.

     

    Entre um passeio e outro, não deixe de degustar as delícias gastronômicas indianas, além de fazer compras, é claro!

  • Agra

    Essa é a cidade que preserva a mais suntuosa das construções da Índia, o Taj Mahal – um majestoso mausoléu que hoje é uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno. Normalmente essa cidade é um local de passagem rápida, e guarda, além do famoso Taj Mahal, outras construções belas imponentes como o Mini Taj e o Agra Forte.

     

    Entre essas importantes construções está também a cidade de Fatehpur Sikri, a apenas 37 quilômetros de Agra, conhecida como cidade-abandonada. Foi construída em 1571 pelo imperador mongol Akbar, em homenagem ao santo Salim Chishti que o abençoou com a chegada de seu primeiro filho, depois de longo tempo tentando.

     

    E, dependendo do período em que realizar sua viagem, uma atração imperdível é o Taj Balloon Festival, evento que acontece todos os anos, permitindo que você contemple o Taj Mahal por um outro ponto de vista: do alto.

  • Rishikesh

    Capital mundial da Yoga, com inúmeros ashrams, fica à beira do Ganges, a poucos quilômetros da nascente. Ficou famosa por ter recebido os Beatles, em 1968, de onde saíram com mais de 30 músicas compostas que, em sua maioria, fizeram parte do icônico “White Album”.

     

    Rishikesh é conhecida como o Portal dos Himalaias. Kesh significa cachos e Rishi, sábio. Então Rishikesh significa os cachos do Sábio. Aqui os Himalaias começam. Por isso, por várias Yugas essa cidade teve importância marcante na espiritualidade do nosso planeta. Por aqui passaram e viveram centenas de Yogis realizados. Rishikesh é perto de Haridwar que por sua vez é também uma das cidades consideradas mais espiritualizadas da Índia. Por ser uma cidade dedicada à espiritualidade, abriga representantes de muitos grandes ashrams e organizações espirituais da Índia.

     

  • Kathmandu

    A região abriga Swoyambhunath, um complexo de estupas e templos, situado sobre o topo de uma colina de onde se tem uma bela vista do Vale de Kathmandu. É um dos lugares mais sagrados de peregrinação budista e também é conhecido como “Templo dos Macacos”.

     

    Em seguida, a sugestão é a visita a Kathmandu Durbar Square, declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO; Hanuman Dhoka, um complexo de edifícios que foi o antigo palácio real do Nepal; ao templo hindu Kasthamandap; aos templos de Mahadev & Parvati; ao Palácio Kumari, sagrado para budistas e hinduístas; e ao bazaar.

     

    Em direção a Patan, uma das três cidades reais no vale, está a Durbar Square, um conjunto de praças e pequenas vielas situadas no centro da cidade de Patan. Algumas de suas atrações são o antigo Palácio Real, Templo de Taleju, Hiranya Varna Mahavihar, um templo budista conhecido localmente como “Templo Dourado”.

  •  

E que tal começar por aqui?

 

Índia - Conhecimento e Espiritualidade

 

Uma viagem de 14 dias e 11 noites
Visitando: Delhi, Udaipur, Jodhpur, Jaipur e Agra

 

A partir de: 

Aéreo  –  Sob consulta 

Terrestre  –  US$ 2.744 (R$ 11.223)

 

*CONSULTE-NOS SOBRE A EXTENSÃO A RISHIKESH OU NEPAL*

 

 

OBS: Todos os preços publicados devem ser previamente consultados, pois estão sujeitos à disponibilidade e alteração sem aviso prévio. Os preços são de referência e POR PESSOA em Reais, considerando o câmbio de USD 1 = 4,09 da data de 01/04/2019 e estão sujeitos à variação cambial.

 

Raidho Viagens | Viva o exótico na Tailândia

Anguilla Completa

 

Uma viagem de 9 dias e 8 noites, visitando:
Anguilla

 

 

A partir de:

Aéreo  –  Sob consulta

Terrestre  –  Sob consulta

 

 

OBS: Todos os preços publicados devem ser previamente consultados, pois estão sujeitos à disponibilidade e alteração sem aviso prévio. Os preços são de referência e POR PESSOA em Dólar Americano e Real, considerando o câmbio de US$ 1 = 3,96 da data de 10/10/2018 e estão sujeitos à variação cambial.

E que tal viver essa experiência em grupo?

As férias da família não batem, os amigos ou parceiro(a) não estão disponíveis, ou ainda, você quer se aventurar sozinho, para viver uma experiência diferente e conhecer gente nova?

As nossas viagens em grupo são especialmente elaboradas para te proporcionar experiências diferentes e memoráveis, sempre com acompanhamento de um especialista desde o Brasil, ou de guias locais. Além de visitas a lugares turísticos, os grupos especiais agregam valor com o aprofundamento em algum interesse ou tema específico.

E para este roteiro incrível pela Índia, quem acompanhará os viajantes será Lucila Nedelciu, diretora da Raidho, que já viajou para mais de 70 países e já foi à Índia mais de 15 vezes. É perita em roteiros incomuns para conhecer culturas, filosofias milenares e os costumes de cada povo, visando o enriquecimento interior junto às belezas dos locais.

Com certeza, seu olhar apaixonado por esse destino tornará a sua experiência muito mais enriquecedora! 

Veja algumas dicas da própria Lucila:

 

VOCÊ PENSA QUE ACABOU?

 

O que você terá a chance de vivenciar na Índia é único e especial:

 

 

  • $1nd4a1lk708j

    Visitar os antigos templos de Eklingji & Nagda. Eklingji é um grandioso complexo de 108 templos, sendo o primeiro construído em 734 d.C. Os templos foram belamente esculpidos em mármore e arenito e são dedicados a Shiva.

  • $xfcbrt7syg

    Visitar o Palácio dos Ventos “Hawa Mahal”, local de onde as mulheres da corte dos antigos marajás podiam assistir os eventos que aconteciam na cidade por trás das janelas cobertas.

  • $8lhe3klyu1b

    Visitar Fatehpur Sikri, famosa "Cidade Abandonada". Construída em 1571 pelo imperador mongol Akbar, Fatehpur Sikri encanta com seu incrível cenário de arenito avermelhado.

  • $i7wohupjvx

    Visitar o Templo Kunjapuri, localizado há 1.676m de altitude para ver o nascer do sol e de onde se tem uma vista privilegiada dos Himalaias.  Esse é um templo muito especial por ser dedicado a shakti ou poder feminino de deus.